Feijoada Especial

A Escola de Samba Mocidade Independente de Padre Miguel promoveu, no último dia 18, uma feijoada em prol de uma causa solidária. Este é o primeiro passo do projeto social “Autista Estrela da Mocidade”, em fase de criação pela Mocidade, para atendimento a crianças autistas da Zona Oeste.

Leia a Matéria na Integra

Centro de Autismo Dona Meca

Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), o autismo atinge mais de 2 milhões de brasileiros e mais da metade ainda está sem diagnóstico. Em crianças, a síndrome é mais comum que o câncer, a AIDS e o diabetes. Além disso, existe um projeto de lei (PL 1631/2011) no Senado brasileiro para criação de políticas públicas voltadas aos autistas.

Leia a Matéria na Integra

Veículos Novos

Amar ao próximo é a primeira lei da vida, a qual nem sempre damos valor, seja quando não nos preocupamos em demonstrar nossos sentimentos às pessoas que amamos ou quando nem sequer valorizamos este gesto tão singelo e tão lindo de viver e sentir.

Leia a Matéria na Integra

Fisioterapia Motora

O Setor de Fisioterapia Motora da Obra Social Dona Meca, atualmente, atende cerca de 80 crianças. Este lindo trabalho tem o apoio do Instituto da Criança, através do Projeto Nadar para Desenvolver, e é uma ação conjunta com os Setores de Hidroterapia e Fisioterapia Respiratória.

Leia a Matéria na Integra

Projeto Desenvolvemente

Obra Social Dona Meca apresenta mais uma ação de atendimento às nossas crianças e suas famílias: o Projeto DesenvolveMente – Apoio a Aprendizagem. Patrocinado pelo Instituto HSBC Solidariedade, este projeto tem o objetivo de estimular a inclusão educacional e social da pessoa com necessidades educacionais especiais, oferecendo uma nova perspectiva de vida para as crianças e adolescentes com deficiência, bem como para seus pais e responsáveis.

Leia a Matéria na Integra

SEMANA DA PSICOLOGIA

Em julho, tivemos a Semana de Orientação do Setor de Psicologia. Os psicólogos Nivea D’Alancourt e Henrique Almeida explicaram o funcionamento do setor, a diferença no atendimento de adultos e crianças, os objetivos do tratamento… Através de dinâmicas e vídeos, os profissionais explanaram sobre os métodos utilizados na sala de terapia e orientaram os pais para um melhor convívio familiar e evolução no comportamento de seus filhos.

Além deste trabalho com as crianças da OSDM, a terapeuta Nívea reúne responsáveis no Grupo Crescimento. São encontros semanais onde são abordados diferentes temas, sempre buscando a evolução individual. Nestes encontros foram abordados temas do tipo autoconhecimento, perdão, disfarces, como seguir em frente, como enfrentar ressentimentos, entre outros.

São dez participantes que, a cada reunião, já reconhecem uma melhora em seu comportamento, sua postura diante de determinadas situações, enfim, uma evolução como membro de uma sociedade.

Obrigado ao Setor de Psicologia pela atenção dedicada às famílias da nossa instituição.

CAPACITAÇÃO

Continuando a programação do Projeto MECA EM REDE, a Obra Social Dona Meca promoveu o curso “Avaliação e Intervenção na Criança com Transtorno de Desenvolvimento”. Catula Maia e Rosana Fachada, psicólogas convidadas pela instituição, abordaram as características e tratamentos no Autismo, Síndrome de Asperger, TDAH, entre outros temas. Foram dois dias de grande troca de experiências e aprimoramento nas técnicas de atendimento a este público.

Lidiane Barros, ganhadora de uma bolsa integral em sorteio no facebook, comentou o conteúdo abordado: “O curso foi realmente maravilhoso! Contribuiu significativamente para minha continuada aprendizagem, pois as expositoras foram brilhantes em suas palestras! Elas souberam colocar, de forma prática e objetiva, parte dos seus anos de vivência no trabalho com crianças portadoras de necessidades especiais. Aprendi com elas que a primeira etapa e a mais importante para uma intervenção ser bem sucedida é a afetividade e isso elas demonstraram com bastante clareza o amor que dedicam ao trabalho”. 

Vários pais e responsáveis da OSDM também assistiram ao curso, conhecendo um pouco mais das patologias de seus filhos, suas características, além de orientações e dicas para um melhor convívio no lar.

Além disso, dez crianças, com diferentes características do Transtorno de Desenvolvimento, foram convidadas para as aulas práticas e tiveram uma participação fantástica.

Acima de tudo, o objetivo deste projeto é a capacitação para o atendimento ao público com deficiência, apresentando uma metodologia de sucesso com mais de 20 anos.

Obrigado a todos que contribuíram para o sucesso deste evento!

Estrutura OSDM

Amar ao próximo é a primeira lei da vida, a qual nem sempre damos valor, seja quando não nos preocupamos em demonstrar nossos sentimentos às pessoas que amamos ou quando nem sequer valorizamos este gesto tão singelo e lindo de viver e sentir. Só pessoas que amam umas às outras podem ter tal desprendimento e sabedoria de investir no semelhante, nos sonhos e nos projetos de vida de outros. Assim, doar a uma causa como a nossa é confiar que este trabalho tem sua finalidade pautada nos princípios da vida, solidariedade, apoio aos mais necessitados e, principalmente,  oportunidade de crescimento a todos que passam ou passaram pela OSDM ao longo destes 20 anos de intensa doação de tempo, de recursos, de carinho às crianças especiais. Mas como manter esta estrutura de atendimento com qualidade por tanto tempo?

Hoje, para manter uma instituição como a OSDM, com o título de Utilidade Pública Federal, referência no RJ na área do atendimento à pessoa com deficiência, há de se considerar a questão financeira como primordial, visto que esta possibilita a manutenção de uma equipe profissional especializada e outra de apoio à infraestrutura de qualidade que fazemos questão de oferecer aos nossos pequenos.

Assim, temos as DOAÇÕES como principal fonte de recursos, realizadas de diversas formas: primeiramente, os donativos em produtos e serviços (doados por nossos colaboradores, voluntários, empresas parceiras).

Em seguida, temos a modalidade de aquisição de recursos financeiros, ou seja, em espécie: receitas advindas do brechó, dos eventuais bazares e almoços beneficentes, além, é claro, de carnês, boletos bancários, depósitos em conta corrente, programa de apadrinhamento e campanhas diversas. Estas também são imprescindíveis para manter a instituição, pois, atualmente, nossos maiores gastos referem-se aos funcionários 
(mais de 50), nem todos cobertos pelos convênios e eventuais projetos (estes, inclusive, possuem custos pré-determinados e períodos específicos com início, meio e fim). 

Unidos, todos estes “presentes” que recebemos fazem com que, por exemplo, não atrasemos os salários dos profissionais e mais ainda, que possamos arcar com todas as obrigações administrativas como taxas de água, luz, telefone, IPTU, transporte, dentre outras que a instituição faz questão de manter em dia, por questões contratuais, transparência e respeito aos nossos mantenedores, colaboradores, parceiros e patrocinadores. Enfim, todas estas doações compõem a base da nossa Casa, sem a qual ela não poderia existir, uma vez que arcar com estes custos seria impossível para uma entidade beneficente do nosso porte.

Logo, é importante lembrarmos que precisamos – e muito – de sua participação para continuarmos a ajudar as 277 crianças e adolescentes atendidos gratuitamente na OSDM, como também os pequenos do abrigo Casa Lar. Participe sendo um sócio colaborador fazendo sua doação mensal espontânea!

Sem a colaboração e boa vontade daqueles que acreditam que é possível, seria impossível fazermos parte da mesma rede “Queremos um Mundo Melhor!”.

Desde já, agradecemos a todos que, por algum motivo, ajudam financeiramente e vibram positivamente para as vitórias da Obra Social Dona Meca, que nada mais é do que a vitória das crianças com deficiência, de suas famílias, dos trabalhadores incansáveis desta obra, dos nossos colaboradores, enfim, a vitória do amor ao próximo, como nosso mestre Jesus nos ensinou. 

Página 21 de 22« Primeira...10...1819202122