A Eficiência do Telemonitoramento OSDM

Em função da pandemia do COVID-19, foi necessária uma atuação diferente de toda a Equipe Técnica.

Em Abril de 2020, iniciamos o planejamento e, em Maio, o atendimento por telemonitoramento. As atividades eram transdisciplinares e planejadas pela Equipe Multiprofissional, de forma a atender minimamente a manutenção das aquisições terapêuticas e pedagógicas das crianças.

Entre Maio e Dezembro de 2020, foram produzidos (filmados e editados), em média, 20 vídeos por mês, para serem enviados a diferentes grupos – formados pela semelhança de objetivos terapêuticos. Este empenho totalizou 3.523 vídeos enviados – individualmente! – ao WhatsApp dos responsáveis dos beneficiários atendidos. Obtivemos o retorno de 1.525 vídeos (crianças realizando as atividades em casa, gravadas pelos responsáveis), o que representa um percentual de engajamento de 43%.

Com esta nova forma de atuação, conseguimos observar alguns aspectos importantes:

  • Engajamento da família
  • Manutenção de rotina
  • Comportamento do beneficiário, bem como atenção, concentração, percepção visual, aceitação de regras e limites, coordenação motora fina e global, dentre outros aspectos.

Mesmo com toda mudança e dificuldades elencadas, as famílias se mobilizaram e enviaram 1.525 feedbacks dos pequenos e jovens executando as ações em seus próprios lares! Tal feito nos impulsionou a continuar este árduo trabalho (mesmo após o retorno parcial de alguns atendimentos presenciais), uma vez que esta retomada ficou a critério dos responsáveis que se sentissem seguros para a vinda à Instituição, respeitando – claro e sempre! – todos os protocolos sanitários.

Texto escrito por: Equipe Terapêutica OSDM e Mary Lucy Paz – Membro do Setor de Sustentabilidade da Obra Social Dona Meca – ml.paz@osdm.org.br

 

 

Outras Matérias que possam te interessar:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: