Estrutura OSDM

Amar ao próximo é a primeira lei da vida, a qual nem sempre damos valor, seja quando não nos preocupamos em demonstrar nossos sentimentos às pessoas que amamos ou quando nem sequer valorizamos este gesto tão singelo e lindo de viver e sentir. Só pessoas que amam umas às outras podem ter tal desprendimento e sabedoria de investir no semelhante, nos sonhos e nos projetos de vida de outros. Assim, doar a uma causa como a nossa é confiar que este trabalho tem sua finalidade pautada nos princípios da vida, solidariedade, apoio aos mais necessitados e, principalmente,  oportunidade de crescimento a todos que passam ou passaram pela OSDM ao longo destes 20 anos de intensa doação de tempo, de recursos, de carinho às crianças especiais. Mas como manter esta estrutura de atendimento com qualidade por tanto tempo?

Hoje, para manter uma instituição como a OSDM, com o título de Utilidade Pública Federal, referência no RJ na área do atendimento à pessoa com deficiência, há de se considerar a questão financeira como primordial, visto que esta possibilita a manutenção de uma equipe profissional especializada e outra de apoio à infraestrutura de qualidade que fazemos questão de oferecer aos nossos pequenos.

Assim, temos as DOAÇÕES como principal fonte de recursos, realizadas de diversas formas: primeiramente, os donativos em produtos e serviços (doados por nossos colaboradores, voluntários, empresas parceiras).

Em seguida, temos a modalidade de aquisição de recursos financeiros, ou seja, em espécie: receitas advindas do brechó, dos eventuais bazares e almoços beneficentes, além, é claro, de carnês, boletos bancários, depósitos em conta corrente, programa de apadrinhamento e campanhas diversas. Estas também são imprescindíveis para manter a instituição, pois, atualmente, nossos maiores gastos referem-se aos funcionários 
(mais de 50), nem todos cobertos pelos convênios e eventuais projetos (estes, inclusive, possuem custos pré-determinados e períodos específicos com início, meio e fim). 

Unidos, todos estes “presentes” que recebemos fazem com que, por exemplo, não atrasemos os salários dos profissionais e mais ainda, que possamos arcar com todas as obrigações administrativas como taxas de água, luz, telefone, IPTU, transporte, dentre outras que a instituição faz questão de manter em dia, por questões contratuais, transparência e respeito aos nossos mantenedores, colaboradores, parceiros e patrocinadores. Enfim, todas estas doações compõem a base da nossa Casa, sem a qual ela não poderia existir, uma vez que arcar com estes custos seria impossível para uma entidade beneficente do nosso porte.

Logo, é importante lembrarmos que precisamos – e muito – de sua participação para continuarmos a ajudar as 277 crianças e adolescentes atendidos gratuitamente na OSDM, como também os pequenos do abrigo Casa Lar. Participe sendo um sócio colaborador fazendo sua doação mensal espontânea!

Sem a colaboração e boa vontade daqueles que acreditam que é possível, seria impossível fazermos parte da mesma rede “Queremos um Mundo Melhor!”.

Desde já, agradecemos a todos que, por algum motivo, ajudam financeiramente e vibram positivamente para as vitórias da Obra Social Dona Meca, que nada mais é do que a vitória das crianças com deficiência, de suas famílias, dos trabalhadores incansáveis desta obra, dos nossos colaboradores, enfim, a vitória do amor ao próximo, como nosso mestre Jesus nos ensinou. 

Outras Matérias que possam te interessar:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: