fbpx

1º CONGRESSO DE AUTISMO

Nos dias 27, 28 e 29 de Junho, ocorreram o “1º Congresso Internacional sobre os Transtornos do Espectro do Autismo: atualização clínica e cientifica” e o “1º Encontro Internacional de Associações, Familiares e Cuidadores de Autista”, realizados, ambos, pela Associação Caminho Azul. E nós, da Obra Social Dona Meca, fomos convidados para participar do evento e estivemos lá em quatro diferentes frentes, sendo:

 

Parte de nossa equipe com a nossa diretora

Gustavo Ralgas, demonstrando seus Desenhos

 

  1. Participação de profissionais no Congresso: Buscando desenvolver, ainda mais, o trabalho da OSDM, a Caminho azul disponibilizou inscrições -de forma gratuita- para membros da equipe técnica da Instituição (que lidam diretamente com crianças e adolescentes com autismo), para que os mesmos pudessem se atualizar em relação ao tema, com informações de profissionais gabaritados de padrão nacional e internacional.
  2. Participação de Mães de alguns dos beneficiários da Instituição no Encontro: para que as mesmas pudessem entender um pouco mais sobre a nuâncias do tema, trocar experiências e conversar.
  3. Presença de nossos voluntários no Espaço Rosas: um espaço pensado com todo carinho, para acolher as famílias de Instituições beneficentes (como a OSDM) que também receberam o convite ao encontro Um local para que estas pudessem confraternizar, se alimentar e tomar um café ou chá.
  4. Espaço cedido para montagem do Stand da Instituição: espaço destinado a divulgar o trabalho desenvolvido, há mais de 25 anos, pela Obra Social Dona Meca, nossas conquistas e as conquistas de nossos pequenos (e dos não tão pequenos assim). Contamos, também, com uma pequena exposição de artes em dois segmentos: esculturas e desenhos. As do primeiro grupo, foram desenvolvidas por Marcos Vinicius adolescente com autismo, atendido pela Obra Social Dona Meca: Marcos desenvolveu belas esculturas algumas feitas com massinhas, outras com biscuit. Já o segundo grupo, foi desenvolvido por Gustavo Relvas, jovem com autismo, que foi atendido pela Instituição até 2014. Além disso, os dois estiveram em dias distintos em nosso stand, para demonstrarem seus trabalhoso. Além dos dois, contamos ainda com a presença de Leonardo Jacinto -adolescente que foi atendido pela OSDM até 2017- com seu professor da escola de música Villa Lobos, para cantar e encantar os participantes do evento.

Leonardo Jacinto sorteou uma camisa para os demais participantes do congresso

Marquinhos com uma de suas artes expostas no evento

 

Foram três dias de muitas emoções, felicidade, troca de experiências e aprendizado. Gostaríamos de parabenizar a todos por sua maestria na produção do evento e agradecer pelo carinho e afago com que todos nós -da OSDM- fomos recebidos.Por fim, um agradecimento especial ao Dr. Caio Abujadi, nosso amigo e idealizador do Projeto, que fez o seu melhor, em prol de proporcionar uma experiência ímpar para os membros da OSDM.

Texto escrito por Anderson Gama – Responsável do Setor de Comunicação e Marketing da Obra Social Dona Meca – contato: a.gama@osdm.org.br

Fotos: Jo Prazero e Acervo Dona Meca

MAIS ARTE NO NOSSO DIA

Nos dias 24, 25 e 26 de Julho, aconteceu a exposição do nosso artista Marcos Vinicius Pereira do Nascimento, de apenas 13 anos, com diagnóstico de TEA.

Suas peças feitas com massinha de modelar e biscuí encantam a todos que as contemplam e chamam a atenção pela riqueza de detalhes.

Como reconhecimento deste talento, Marcos foi convidado a mostrar suas esculturas no 1º Congresso Internacional sobre Autismo do Rio de Janeiro, no estande da OSDM.

Porém, não poderíamos deixar de expor, também em nossa Sede, as obras desse artista que está conosco desde 2012.

Na quarta-feira, 24/07/2019, ele esteve presente e, ao longo do dia confeccionou alguns mimos para as pessoas que prestigiaram seu trabalho.

 

Marquinhos posando para foto ao lado de sua terapeuta

Marquinhos posou para foto com outros terapeutas.

 

Suas esculturas têm temas variados, mas que despertam o interesse e a curiosidade de Marcos.

Polvos, caranguejos, dinossauros. a turma do BOB Esponja, Goodzilla, dentre outros… encantaram os olhos daqueles que estiveram prestigiando a exposição.

Algumas peças minúsculas como a zebra, muito bem marcada com suas listras em preto e branco.

A perfeição dos traços do personagem do BOB Esponja, com suas cores vivas e bem demarcadas, apesar do tamanho: menos de 2 cm!

Algumas das artes em massinha de Marquinhos

Outra peça que instigou a todos foi o polvo, com os tentáculos e ventosas muito realísticas.

A “mostra” ainda contava com o Goodzilla e o Dragão de 3 cabeças.

Por fim, o charme da réplica da Estátua da Liberdade, de aproximadamente 8 cm.

Vale ressaltar o trabalho realizado pelo corpo técnico da OSDM, convergendo para estimular e oportunizar que talentos, como o de Marcos, possam se desenvolver, valorizando suas potencialidades.

Texto escrito por Tânia Oliveira – Pedagoga da Obra Social Dona Meca – contato: t.oliveira@osdm.org.br

ORIENTAÇÃO DE PSICOMOTRICIDADE

De 20 à 24 de Maio, houve a Semana de Orientação do Setor de Psicomotricidade, na OSDM!

Com base nas orientações feitas pela profissional aos pais, durante os atendimentos de psicomotricidade, para que os mesmos pudessem dar continuidade aos estímulos em casa, veio a ideia do tema da Orientação do Setor deste ano: “Estimulação psicomotora em casa”.
Inicialmente, foi apresentado o objetivo do setor – e sua importância. Em seguida, expomos diversas maneiras simples e lúdicas de desenvolvimento do psicomotor da criança, sem gastar dinheiro e usando materiais que encontramos normalmente em casa (ou de fácil acesso).

Além da apresentação, a profissional criou várias dinâmicas com os pais, com o objetivo de mostrar a importância do “brincar junto” e o quanto este é prazeroso, não só para criança quanto para toda família. Foi uma orientação leve, cheia de conhecimentos e muito agradável para todos que participaram.

Texto escrito por: Thayanna Hoffmann – profissional do Setor de Psicomotricidade da Obra Social Dona Meca – contato: t.hoffmann@osdm.org.br