fbpx

A IMPORTÂNCIA DE ESTIMULAR A INDEPENDÊNCIA

A Terapia Ocupacional é a área da saúde que trabalha com a ocupação humana, o planejamento e a organização do cotidiano. Um dos seus principais objetivos é encontrar meios para que o indivíduo alcance sua independência e autonomia, utilizando ao máximo suas potencialidades. Os termos “independência” e “autonomia” comumente são utilizados em conjunto, mas cada qual possui um significado distinto.

A independência tem relação com a habilidade de realizar atividades cotidianas sem o suporte de terceiros e a autonomia refere-se à capacidade de gerir a própria vida e tomar decisões. Dessa forma, é possível perceber que os dois conceitos nem sempre caminham juntos. Uma pessoa pode, por exemplo, ter dificuldade para segurar um talher para comer e, ainda assim, decidir sobre o horário e o tipo de refeição que deseja fazer. Em contrapartida, pode existir um sujeito que não decida o que vai comer no almoço, mas consiga se alimentar de forma independente, sem precisar de ajuda no manuseio dos talheres.

É essencial que a independência e a autonomia sejam incentivadas no ambiente domiciliar desde a infância, uma vez que essa é a época na qual o aprendizado e a criação de hábitos se tornam mais fáceis. Estimular a independência e autonomia não significa deixar a criança fazer tudo o que quiser. É válido criar regras que devem ser cumpridas e atribuir pequenas responsabilidades, de acordo com a idade e desenvolvimento da criança.

Para que o processo de aquisição da independência e autonomia ocorra da melhor forma possível, é importante realizar imitações para que a criança se espelhe, fazer junto com a criança e não por ela, tornar a processo lúdico através de brincadeiras, dar atenção especial a cada etapa da atividade para depois sequencia-la, preparar o ambiente para a realização da atividade, organizar o tempo para não ter pressa, oferecer opções para que a criança escolha, ser paciente, incentivar e não recriminar diante da dificuldade ou erro. Estimular a independência e a autonomia é preparar a criança e o adolescente para o futuro e para a vida em sociedade.

Texto escrito por Amanda Portela – Terapeuta Ocupacional da Obra Social Dona Meca – contato: a.portella@osdm.org.br

Outras Matérias que possam te interessar:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: